Brasil

Brasil perde média de 17 fábricas por dia nos últimos seis anos

O fechamento da fábrica da Ford no Brasil, anunciado na semana passada, pegou muita gente de surpresa, mas, há seis anos, o país enfrenta um processo de desindustrialização. Desde a recessão, iniciada em 2014, o Brasil vê o número de indústrias cair.

No ano passado, 5,5 mil fábricas encerraram suas atividades. Ao todo, entre 2015 e 2020, foram extintas 36,6 mil. Isso equivale a quase 17 estabelecimentos industriais fechados por dia. Os números fazem parte de um levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). De acordo com a série histórica iniciada em 2002, até 2014 o número de fábricas crescia, mesmo com a indústria de transformação perdendo relevância na economia diante do avanço dos outros setores.

Há seis anos, o país tinha 384,7 mil estabelecimentos industriais. Mas, no fim do ano passado, a estimativa era a de que o número tinha caído para 348,1 mil. Pouco antes do anúncio da Ford, outras multinacionais já haviam comunicado que fechariam suas fábricas no Brasil, caso da Sony e da Mercedes-Benz, que encerrou a produção de automóveis.

Fonte: A Tarde

Jose Roberto Neves

Comunicador Social, Formado em História pela Universidade Estadual da Bahia. Lecionou por mais de uma década na Escola Família Agrícola de Boquira e atualmente é editor do site Rede Boquira News e trabalha como radialista, exercendo a profiisão que sempre sonhou.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Que pena.