Brasil

Gleisi cobra resposta dos militares à nova ameaça de golpe feita por Bolsonaro

A deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), cobrou resposta dos militares após nova ameaça de golpe feita por Jair Bolsonaro neste domingo (21).

“Bolsonaro retoma escalada autoritária, pressionado pelo caos que ele mesmo causou ao país, sem mostrar saída para a crise. Voltou a ameaçar com militares. Estes têm de se pronunciar, sob pena de conivência com a ameaça à democracia. E nós, subirmos o tom para pressionar Congresso a impichá-lo”, postou Gleisi no Twitter.

Bolsonaro volta a ameaçar com militares

Neste domingo, em frente ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse que “só Deus” o tira da presidência da República. “Pode ter certeza, minha força vem de Deus e de vocês. Enquanto eu for presidente, só Deus me tira daqui. Eu estarei com vocês”, afirmou.

Ele ainda comentou que as Forças Armadas brasileiras ficariam ao seu lado caso fosse colocado para fora do Executivo. “Pode ter certeza, o nosso Exército é o verde oliva e são vocês também. Contem com as Forças Armadas pela democracia e pela liberdade”, disse. Ele continuou em tom de ameaça, numa crítica aos governadores, por conta do isolamento social nos estados: “Estão esticando a corda”.

“Não abriremos mão desse poder que vocês me deram na ocasião das eleições. Fizemos o maior projeto social do mundo que é o auxílio emergencial. Agora, o que o povo mais pede para mim ‘eu quero trabalhar’. Ninguém quer viver de favor do Estado e abrir mão de sua liberdade. Vamos vencer essa batalha. Estamos do lado certo. Não queremos que o país mergulhe no socialismo”, completou.

Fonte: Brasil247

Jose Roberto Neves

Comunicador Social, Formado em História pela Universidade Estadual da Bahia. Lecionou por mais de uma década na Escola Família Agrícola de Boquira e atualmente é editor do site Rede Boquira News e trabalha como radialista, exercendo a profiisão que sempre sonhou.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Que pena.